Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2006

A procuradoria para o canal de humor, já!

Tínhamos um procurador-geral da República considerado, à boca pequena, um patife. Cunha Rodrigues era secretivo, arrogante e teria uma “agenda” secreta – não se sabia bem qual, mas adivinhavam-se interesses ocultos, expressos em casos misteriosamente negligenciados ou deixados prescrever, e casos prosseguidos com ferocidade. Um solteirão que vivia com a mãe e usava gravatas rosa fosforescente, melífluo na fala, sempre sorridente… Hum, havia algo de sinistro no personagem. Uma espécie de J. Edgar Hoover luso, com possíveis arquivos comprometedores que o tornavam inamovível. Guterres conseguiu ver-se livre dele da maneira clássica, promovendo-o para o Tribunal Europeu. Como costuma acontecer quando se muda de cônjuge, escolhem-se os defeitos opostos. Sotto Moura é considerado, à boca pequena, um totó. Sempre pronto a falar, à pressa e por cima do ombro, principalmente para dizer inconveniências ou pequenas mentirinhas (“Que eu saiba, o Sr. Carlos Cruz não está no processo”). Continua a haver casos negligenciados e prescritos, agora não por interesses ocultos, mas por simples ingenuidade e incompetência. Os pormenores do “processo Casa Pia”, amplamente (e ilegalmente) “fugidos” para a imprensa, mostraram, entre outras parvoíces, interpretações ridículas das conversas telefónicas entre António Costa e Ferro Rodrigues. Numa altura em que os dois falavam do Iraque, o “analista” da procuradoria achou que se referiam a Ritto… Portanto, o recente “escândalo” dos telefones “pagos pelo cliente Estado” que foram parar ao meio da rua — com o “24 Horas”, mais ao meio da rua é impossível — é apenas uma continuação do sitcom a que vimos assistindo há mais tempo do que a santa paciência permite. Afinal a culpa parece ser de um filtro no Exel – portanto, em última análise, do Bill Gates. E assim, como dizia uma jornalista amiga minha, o “24 Horas” torna-se um jornal de referência. Desta vez estou de boca aberta, mas é de tanto rir.
publicado por Perplexo às 22:16
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

Veja também:

"Pesquisa Sentimental"

 

 

contador

pesquisar

posts recentes

Concurso de blogues

Voltarei

Silêncio...

Horta e Alorna

A Selecção, minuto a minu...

Cosmopolis

Millôr Fernandes

A maçã chinesa

Transigir ou não transigi...

EDP, o verdadeiro escânda...

arquivos

Janeiro 2013

Julho 2012

Junho 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

who?

Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!

subscrever feeds