Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2008

Olá, 2008! O futuro é sempre promissor...

Pois é, há uns três meses que não mostro a minha perplexividade. Mas vou-lhes contar porquê; deixei de ficar perplexo com o que acontece, para passar a ficar... a palavra inglesa é "sedated"... ou seja, adormecido, dormente, desinteressado. E porquê? Vocês sabem, ou não leriam este blogue. As coisas acontecem a um ritmo, e com uma desfaçatês (desfaçatez?) tal, que nem há como tentar explicá-las. A minha vida anda por outros interesses - arte, culinária, sei lá - interesses esses que não vejo apropriado partilhar aqui. Não porque queira preservar a minha privacidade (que quero) mas porque ela não poderá interessar a outras pessoas. Então, no que toca ao público, aquilo que podemos discutir, perplexar juntos, o que se pode dizer? Nada que não tenha sido dito em toda a parte, sem quaisquer consequências.
Querem que fale da situação no Paquistão? Já se disse tudo o que poderia ser dito. As consequências a longo prazo, aterradoras, do que acontece no Paquistão, já toda a gente imagina quais sejam. Para não falar no Afeganistão. O que está a acontecer por aquelas partes vai ter conseguências na Europa, não tarda muito. Talvez não para nós, mas certamente para os nossos filhos.
Querem que fale da situação no BCP? Bem, sobre isso posso dizer uma coisa que não vi em parte nenhuma, e portanto acrescentar algum valor ao interminável debate (ou à interminavel debacle) sobre o maior e melhor banco portuga. É o seguinte: fala-se da tomada do BCP pelo Partido Socialista - o que é verdade e, com certeza, deprimente. Fala-se de como um Vara consegue chegar, sem méritos aparentes, ao tacho maravilhoso de vice-presidente duma instituição que lhe dará incalculávais mordomias. Mas ninguém diz que o BCP, controlado pela Opus Dei, está prestes a passar para o controle da Maçonaria. Sociedade secreta por sociedade secreta, sempre é melhor os tipos do esquadro e compasso do que os do silício. Ou tanto faz?
Do que mais querem que fale, que possa fazer alguma diferença ou, pelo menos fazer rir? Está tudo dito. E de nada vale dizer.
Enfim, não comecemos o ano neste clima de tanto faz. Ano novo, novas aventuras. Aproveitem, se podem aproveitar, enquanto podem. Eu, estou a sobreviver ao século XXI... Great!
publicado por Perplexo às 01:02
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 21 seguidores

Veja também:

"Pesquisa Sentimental"

 

 

contador

pesquisar

posts recentes

Concurso de blogues

Voltarei

Silêncio...

Horta e Alorna

A Selecção, minuto a minu...

Cosmopolis

Millôr Fernandes

A maçã chinesa

Transigir ou não transigi...

EDP, o verdadeiro escânda...

arquivos

Janeiro 2013

Julho 2012

Junho 2012

Março 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Maio 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

who?

Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!

subscrever feeds